23 anos sem Ayrton Senna

Em 1º de Maio de 1994 morria um dos maiores piloto de fórmula 1, o paulista Ayrton Senna da Silva, ao bater na curva Tamburello do circuito de San Marino em Ímola, nesta mesma curva Nélson Piquet havia batido em 1987. Ayrton foi tricampeão mundial em 1988, 90 e 91 e dois vices 89 e 93. Era considerado o Rei de Mônaco por ter vencido 6 grande prêmios neste circuito. Até hoje a morte do piloto foi a que mais comoveu o povo brasileiro e também boa parte do mundo. Será eternamente nosso melhor piloto de fórmula 1, mesmo depois de 23 anos vive presente na memória dos amantes do automobilismo.

 

Compartilhe: