Real Madrid volta a vencer o Barça e ganha a Supercopa

Os tempos são outros. Não há dúvidas de que o Real Madrid está no topo da Europa há dois anos. Mas a diferença para seu maior rival ficou ainda mais evidenciada. Em jogo de volta pela Supercopa da Espanha, nesta quarta-feira, a equipe de Zinedine Zidane parecia estar diante de uma pequena equipe da La Liga. Mas era o Barcelona. Com um primeiro tempo arrasador, os merengues venceram por 2 a 0, aplicaram 5 a 1 no placar agregado e ficaram com sua 10ª taça da Supercopa. Com sobras. Para confirmar quem é dominante no momento, mesmo sem contar com o melhor do mundo Cristiano Ronaldo e Isco, Bale e Casemiro que ficaram no banco.

Foto Globo Esporte

.

Compartilhe:

Real Madrid sai com grande vantagem na Supercopa da Espanha

Jogando no camp Nou o Barcelona caiu para o Real Madrid. E caiu feio. Com direito a gol contra de Piqué e golaços de Cristiano Ronaldo e Asensio, o time de Zinedine Zidane venceu o maior rival por 3 a 1, no Camp Nou, e garantiu excelente vantagem para a partida de volta da Supercopa da Espanha: os merengues podem até perder por 2 a 0 na próxima quarta-feira, no Santiago Bernabéu, para ficarem com o título. O árbitro Ricardo de Burgos Bengoetxea foi pivô de duas polêmicas: deu um pênalti inexistente em Luis Suárez, que originou o gol de Messi, e expulsou CR7 após o português cair na área, alegando simulação. Quarta feira as 18h teremos a decisão em Madrid.

Foto Globo Esporte
Compartilhe:

Real Madrid ganha Supercopa da Europa

O Real Madrid segue dominando o futebol europeu. Nesta terça-feira, na Macedônia, o time espanhol venceu por 2 a 1 o Manchester United e abriu de forma oficial a temporada com o título da Supercopa da Europa. Destaque para o volante brasileiro Casemiro, que fez um grande primeiro tempo e deixou sua marca. Isco também marcou para os galácticos, que conquistaram pela quarta vez o torneio. Lukaku estufou a rede para a equipe inglesa.

Foto Globo Esporte
Compartilhe:

Alemanha e Chile fazem final Copa das Confederações

A Copa das Confederações que está sendo disputada na Rússia teve nesta quinta em Sochi a partida que definiu o segundo finalista.

A Alemanha atropelou o México, 4 a 1, com 2 gols de Goretzka, Werner e Younes. Detalhe que a Alemanha levou um time B, com jovens numa média de 24,5 anos e mesmo assim fará a final contra o Chile que empatou em zero a zero com Portugal e venceu nos penaltis por 3 a 0 com Bravo pegando as 3 cobranças lusa. A decisão será domingo Alemanha x Chile.

foto Globo Esporte

 

Compartilhe:

Real Madrid é campeão da Champions com goleada

Decisão da Champions League foi em Cardiff no Pais de Gales e o Real Madrid levantou sua 12ª taça ao golear a Juventus por 4 a 1. No primeiro tempo o jogo foi parelho com a Juve chegando mais e o Real teve somente uma chance e Cristiano Ronaldo não perdeu, marcou aos 20 minutos mas o empate veio aos 27 com um golaço de Mandzukic. No segundo tempo foi outro jogo e o Real atropelou a Juve, com domínio do jogo e aproveitando as bolas cruzadas, Casemiro aos 16 e ao 19 Cristiano marcando seu gol de número 600 e Asensio aos 44 selaram o placar de 4 a 1 para o Real. Feliz estava o técnico Zidane que ganhou o campeonato espanhol e em um ano e meio ganhou duas Champions League.

Compartilhe:

Manchester United é campeão da Liga Europa

 

Nesta quarta feira o Manchester United conquistou o único título que não tinha: a Liga Europa.

O jogo foi na cidade de Estocolmo sendo adversário o Ajax da Holanda, que era a sensação do campeonato, dominou a partida, teve mais posse de bola mas as finalizações não acertavam o alvo. Já o técnico Mourinho do Manchester anulou as principais peças do Ajax e jogou sempre atrás da linha da bola e teve muita competência nos poucos ataques fez dois gols, Pogba aos 18 minutos do 1º tempo e Mikhitaryan aos 3 do 2º tempo. Mourinho levou mais uma taça para sua coleção.

foto Globo Esporte

 

Compartilhe:

Real Madrid é campeão espanhol

O Real Madrid precisava apenas de um empate para ser campeão Espanhol e mesmo jogando fora de casa no Estádio La Rosaleda contra o Málaga a equipe merengue marcou logo aos 2 minutos de jogo com Cristiano Ronaldo e ampliou aos 10 do 2º tempo com Benzema. Sem vencer o campeonato espanhol desde 2012 o time de Zidane comemorou muito esta que foi a sua 33ª conquista. A comemoração foi 4 horas após a partida na Praça Sibeles no centro de Madrid com milhares de torcedores. Agora o foco é a decisão da Champions League dia 03 de Junho no País de Gales contra a Juventus da Itália.

Foto Globo Esporte
Compartilhe:

Real Madrid vai a mais uma final

O Atlético de Madrid entrou em campo no jogo de volta tendo que vencer seu rival Ral Madrid por 3 a 0 para levar para prorrogação e teve uma esperança quando aos 12 e 16 Saúl e Griezmann de penalti, fizeram 2 a 0. Num jogo disputadíssimo e muitos cartões amarelos o Real começou a jogar após os 20 minutos, com maior posse de bola foi em busca de seu gol e Isco marcou aos 42, numa jogadaça de Benzema. No 2º tempo o Real mesmo perdendo, administrou o placar do agregado, pois o Atlético tinha que fazer 3 gols. mas ainda tinha o goleiro Navas em grande noite. Mesmo perdendo por 2 a 1 o Real comemorou a ida a decisão e a torcida do Atlético comemorou a vitória contra o rival e por ser o último clássico no Estádio Vicente Calderon que será demolido. Decisão será Real Madrid x Juventus dia 03 de Junho em Cardiff no País de Gales.

Foto Globo Esporte
Compartilhe:

A Juve está na final da Champions

A Juventus jogando em casa e com 2 gols a seu favor da vitória no jogo de ida, sofreu 15 minutos de pressão do Monaco mas depois tomou conta do jogo e finalizou 12 vezes só no primeiro tempo e marcou seus dois gols, Mandzukic aos 33 com assistência de Daniel Alves que ainda fez um golaço de sem pulo aos 44. No segundo tempo foi um jogo mais disputado e o Monaco ainda marcou com o craque Mbappé aos 23, gol que encerrou a sequencia de 600 minutos de Buffon sem levar gols, final Juventus 2 a 1 Monaco.

A velha senhora já está arrumando as malas para a grande final dia 03 de Junho em Cardiff no País de Gales, o adversário sai amanhã do jogo Real Madrid x Atlético Madrid (o Real venceu o jogo de ida por 3 a 0).

Compartilhe:

Juventus sai na frente contra o Monâco

Na outra semifinal da Champions League o Monâco jogando em casa no Estádio Louis II foi derrotado por 2 a 0 para a Juventus com dois gols do argentino Higuaín, com duas assistências de Daniel Alves, a primeira numa bela deixada de calcanhar. A Juventus jogou diferente de seu habitual, marcou o Monâco em seu campo, deu pouco espaço e foi eficiente nas finalizações. Agora a Velha Senhora, como é conhecida a Juve, jogará em casa e tem todas as condições para fazer a final em Cardiff no País de Gales e bem provável que seu adversário seja o Real Madrid que ontem fez 3 a 0 no Atlético de Madrid.

foto Globo Esporte
Compartilhe: